quinta-feira, 23 de abril de 2009

ROSA

Cor de rosa
Dê-me toda rosa
Dê-me verso e prosa

Cor de rosa
Toda rosa
Em sua essência misteriosa
Toda rosa é rosa

Menina dengosa
Comida gostosa
Roupa glamourosa

Porque todo poema é rosa
E na prosa há rosa
E sua beleza não é mentirosa
Com espinhos, mas rosa

De tudo, o que importa
É que como dito e redito
Toda rosa é rosa
E assim será na vida
Pelo menos na das pessoas
poderROSAS

3 comentários:

  1. Fez me lembrar de Ana Carolina que há pouco tempo esteve por aqui e suas músicas eram febre, inclusive "Rosas"...

    com a rosa se faz rima e se mima alguém, na cor e na planta.

    Abraço.
    apareça meu blog, ele está de volta com novas abordagens.

    ResponderExcluir
  2. Alam, bacana o poema. Gostei, mas seu blog é azul. rsrs

    Olha, eu não sei te informar onde vc pode ficar por aqui não, mas faz o seguinte entra nesse blog (do próprio evento) http://intercomsudeste2009.blogspot.com/2009/04/hospedagem.html

    E vê se alguma coisa te interessa. Espero que te ajude. Ah! tu vai ser entrevistado por mim sim. Não precisa ficar famoso. rs

    ResponderExcluir

Ponto Final

Ponto Final Começo da frase Caixa alta Letra maiúscula garoto Ponha vírgulas, não faça orações tão extensas! Evite reticências... ...