quinta-feira, 23 de abril de 2009

ROSA

Cor de rosa
Dê-me toda rosa
Dê-me verso e prosa

Cor de rosa
Toda rosa
Em sua essência misteriosa
Toda rosa é rosa

Menina dengosa
Comida gostosa
Roupa glamourosa

Porque todo poema é rosa
E na prosa há rosa
E sua beleza não é mentirosa
Com espinhos, mas rosa

De tudo, o que importa
É que como dito e redito
Toda rosa é rosa
E assim será na vida
Pelo menos na das pessoas
poderROSAS

3 comentários:

  1. Fez me lembrar de Ana Carolina que há pouco tempo esteve por aqui e suas músicas eram febre, inclusive "Rosas"...

    com a rosa se faz rima e se mima alguém, na cor e na planta.

    Abraço.
    apareça meu blog, ele está de volta com novas abordagens.

    ResponderExcluir
  2. Alam, bacana o poema. Gostei, mas seu blog é azul. rsrs

    Olha, eu não sei te informar onde vc pode ficar por aqui não, mas faz o seguinte entra nesse blog (do próprio evento) http://intercomsudeste2009.blogspot.com/2009/04/hospedagem.html

    E vê se alguma coisa te interessa. Espero que te ajude. Ah! tu vai ser entrevistado por mim sim. Não precisa ficar famoso. rs

    ResponderExcluir

Top 7