sábado, 21 de setembro de 2013

Nova Estação!

Dias mais coloridos virão...

A vida muda com a chegada da nova estação: mais flores, mais cores, mais amores, mais cheiros, mais pássaros, mais vida!

Boas vindas para ti Primavera!

terça-feira, 17 de setembro de 2013

4 anos depois

Republicando um textos mais estranhos que já escrevi: A morte do menino lindo, da sexta-feira, 04 de setembro de 2009.

Já ouvi falar que os seres humanos morrem... É natural que haja um ciclo da vida. Primeiro espera-se o parto, nasce, cresce, se reproduz, aprende durante todo este período e mais uma vez espera-se... desta vez, a morte. Mas às vezes este ciclo é quebrado antes da hora (ou não). Aliás, ninguém sabe o momento, mas é tão triste quando alguém parte sem que se espere sua partida... Quando na juventude a pessoa que teria tudo para ter uma bela e longa vida tem seu ciclo rompido. É triste, mas é assim a vida.

Mas o mais estranho deste tipo de morte é que, na maioria das vezes, quem morreu era sempre lindo, não tinha defeitos, era perfeito ou quase... Deste modo, mais do que quando envelhecido ou vítima de uma bala, tiro, soco, bomba, etc. e tal, quem morre naturalmente fica na mente de quem vive como sendo um ser humano ideal, que teve sua vida interrompida de modo cruel e injusto (toda morte é injusta?).

Hoje o menino lindo morreu, mas no mesmo instante uma linda menina partiu. Se os dois vão se encontrar em algum lugar é uma história que não poderei narrar. Eles se foram e deixaram os exemplos de sua curta, mas vivida e aproveitada vida. Porém a beleza do menino lindo, para quem fica, resume-se ao instante de sua nova vida, quando deixou de existir para quem jaz na terra e agora ele busca a perfeição da alma em um tempo e lugar relativo...

Repensando os valores contemporâneos da morte... Eu estou preparado para voltar para o céu. Para contemplar a face de Deus. Estou preparado não para descansar em paz, mas para estar em constante oração diante do Altíssimo em intenção de tantos que aqui sofrem. O descanso é para quem tem preguiça, e eu gosto de movimento. A vida é um sutil movimento do sopro do Espírito Santo. Ele me move e me anima, Ele dá sentido a alma que acrosticamente combina comigo: alam. Eu sou um pouco mais disso, mais alma, mais Essência Divina.

Hora de Deus: 03:43

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Poema Morto

Peço perdão pelo poema que eu não escrevi
Pelos versos que eu desfiz
Pela rima que eu não encontrei
Perdão também pelo poema que ficou perdido
Palavras soltas
Versos mortos
Simetria e ritmos descadenciados
Verso e Prosa
Paro teu túmulo:
'Trago-lhe esta rosa!'
Perdão pelo poema que eu matei
Que surgiu na minha mente
Mas que foi abortado
Que não teve a oportunidade de respirar
Poema morto, como o poeta!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Versos Inversos

Mataram um homem
Crueldade contra os animais
Martírio da Alma inocente
Crueldade contra os seres vivos
Assassino covarde e profano

Desleal, desumano, insano!
Verso invertido
A vida começa com a morte
Termina com o choro
Parto, chegou minha hora e eu parto!
Dolorida, desleal, insana!
Ó morte: mostre-nos o norte!

domingo, 8 de setembro de 2013

O que importa?

O que importa é a semente ou a terra que se planta?
O que importa é a terra ou o modo como se cultiva?
O que realmente tem importância?
A vida importa após a morte ou a morte é  mais relevante?
O que importa se passei pela sua vida ou não?
Se fiz você sorrir ou chorar, qual o valor isso tem, teve ou um dia terá?
Quão importante eu fui para você?
Ou minha significância foi efêmera como o piscar dos olhos?
Passageira é a vida? Quanto tempo você tem?
Mais uma vez, quanto a tudo isso só três palavras a dizer:
'O que importa?'

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Sentidos Múltiplos

Crianças Pulam
Uma corda
Um doce
Uma bala
O queijo
Uma faca
Um remédio?
Uma droga
Inocência?
Fatalidade!
Duplicidade
Sentido único
Nem tanto
Duplo sentido
Sentido nas palavras
Depende ou não
Sentido sem ser sentido
Sensação de Não ter entendi
Uma corda, uma bala,
Uma faca ou uma droga?
Começo!

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Oração Sincera

Ó vem meu Bom Deus!
Ó vem meu Deus Universal!
Ó vem em meu  Socorro!
Afasta de mim o que me afasta de ti!
Aproxima de mim o Amor!
Faz-me Amar sem reservas!
Faz-me Amar, mesmo quando meu desejo é o ódio!
Conduz-me ao teu Altar Celestial!
Concede-me um lugar na Tua casa Senhor!
Prepara-me um lugar para eu assentar em Tua mesa Senhor!
Então comerei contigo meu Bom Deus Universal!
E que nosso banquete
esteja com a mesa repleta de convidados!
Quero estar em Tua presença!
Unido a todos que merecem
E reunido com todos que, mesmo eu não compreendendo porque mereça
Mas que pela Tua graça Tu queiras que estejas conosco!
Pois não sou mais digno que nenhum outro irmão!
Estar em tua presença é maravilhoso!

Estou inteiramente em Teus átrios desde minha inocência!
Mas, só estou em tua presença, Senhor
Não por mim mesmo!
Somente estou por Tua graça, ó Senhor!

Obrigado Papai!


Alam de Oliveira Silva - 23 de dezembro de 2011

domingo, 1 de setembro de 2013

Versos Soltos

Glorioso encontro entre o santo e profano
Efemerizando o momento presente
Negociando as condições necessárias
Equilibrando os lados opostos da balança
Respondendo todas as indagações
Onerando os custos da vida
Salvando o que nunca existiu
Inteligentemente superficial
Demoniacamente especial
Atitude ingrata, infame, imprudente
Desenvolvendo novos sentidos
Esse é fim, ou começo: generosidade!

Top 7